Crônicas, Contos e Poesias

Por Cica Carvalho

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O Drama-turgo

Sabe aqueles dias que não dá vontade de sair de casa? Quarta-feira passada, justo o dia que me programei para assistir à peça Pedreira das Almas, com o Fábio de Andrade e o Adriano Merlini, grandes amigos e colegas, no elenco. Tinha que ir de qualquer jeito. Gosto de acompanhar o trabalho e a evolução dos colegas. E também daqui a pouco, eu é que estarei em cartaz e quero poder cobrar a presença deles. Ahaahah... O motivo que me levava era torpe, mas verdadeiro. Só o gatilho...
E lá estava eu de novo subindo a Augusta, com o meu ipod, animadinha na chuva, indo para o Metrô. Oito e meia da noite.
Desci na estação Sumaré, quebrei uma direita e outra esquerda. Se fosse na época das carroças, a rua estaria cheia de Merda. Dizem que é daí que vem o famoso Merda, antes de entrar em cena. Merda = Casa Cheia. Muita gente, muitas carroças, muitos cavalos... muita merda!
Enfim, a casa estava cheia. E logo de cara encontrei o dramaturgo que escreveu a minha peça de formatura, muita emoção para uma simples ida ao Teatro. Cumprimentei-o rapidamente e fui para a bilheteria garantir meu ingresso e organizar as idéias. Uma fila básica, mil listas até achar o meu nome, sete minutos para começar a peça.
Feliz com meu ingresso na mão, vi que o meu “foco”, o dramaturgo, estava num papo animado com dois ou três, certeza que atores, pela altura da conversa e o tamanho dos gestos. Primeiro sinal. Fui ao Café, comprei um, mais uma água e um bombom para a peça. E lá estava ele, num instante sozinho... Investi e acreditei no meu movimento até o fim.
-Calixto! Quanto tempo, que bom te ver!
-Ciça! (Meu apelido errado... mas, ele pode) O que você está fazendo de bom?
-Ahh, acabei de fazer um curso de interpretação, plano novela e mini-série.
-Jura? Cáassia?
   Eu já conhecia a Cássia de nome, mulher dele, produtora de Casting dessas, com o perdão da palavra: fodonas..! Ele me apresentou a ela, dizendo, a Ciça é boa, ela é legal, mas tudo que eu queria era falar com o marido dela e convidá-lo para ler o meu Blog! Não era paquera. Eu precisava de um feed-back, uma crítica de alguém do meio. Toca o segundo sinal. Gelei. Respirei fundo e sem querer ser grosseira, desatei:
-Cássia, posso mandar meu material por email para ele, que te encaminha? Ela concordou e me virei rapidamente:
-Então..., finalmente consegui falar em três frases que estava escrevendo e que adoraria receber uma visita dele no blog, terceiro sinal! Simpático ele disse que ia olhar sim.
Missão cumprida. Assisti à peça que já montei no Célia Helena, que conheço decor e saltiado, emocionei-me muito com o texto, com o trabalho dos atores, com as escolhas do diretor, a luz... e corri para casa mandar o email para o Dramaturgo e sua mulher.
A novidade é que estou estudando dramaturgia com o Calixto paralelamente `a redação literária. Um mergulho de cabeça, uma verticalização na aritmética das letras e talvez reflita aqui no Blog, eles querem me enlouquecer.... e eu estou adorando!



VIGA Espaço Cênico
Telefone: (11) 38011843 - Rua: Capote Valente, 1323 - CEP: 05409-003
(entre a rua Heitor Penteado e a Amália de Noronha). Próximo ao metrô Sumaré. 





11 comentários:

  1. Cica você apareceu!!!! Tem que atualizar icom mais frequencia!!! Adoro os textos!!!

    E tenho certeza que ele passará por aqui! :)

    Bjos!!!
    Mari

    ResponderExcluir
  2. LEGAL O SEU BLOG, POREM...
    Muito parecido com muitos; a foto da atriz é igual a todas as fotos das jovens atrizes que querem ser atrizes.
    AAAAAAAH, as cores são sobrias e elegantes,sem serem criativas, mas são coloridas.
    O nome do blog é uma notação para os dramaturgos.
    Ler que está tudo maravilha, não te acrescenta nada.
    Desculpe, mas é o que penso.
    Sobre esperar que as pessoas nos ajudem ou indique nosso trabalho, não espere.
    Não confie em ninguem, confie em vc., vai em frente, sente na frente.
    at.,ab.

    ResponderExcluir
  3. Ehhehehhehe,
    Obrigada Mari,
    correria mesmo,
    mas vou me esforçar mais,
    beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto de críticas, e confesso que é uma maneira de me empurrar para frente. Obrigada pelas palavras, estou começando e eu vou melhorar, `a medida que me exercitar. Não se desculpe, essa foi a minha primeira crítica negativa, ahahaha, seja Bem-vindo!

    ResponderExcluir
  5. Fernando!!
    Preciso te esclarecer uma coisa, não sou uma jovem atriz em busca de ser atriz (suas palavras). Primeira vez que fiz um filme para Tv faz 18 anos. Mas as pessoas pensam que ser atriz é estar na novela da Globo. E eu nunca fiz novelas. Nem só de novelas vive um ator.
    O nome do Blog é Espelho, Tulipa e Batom, trecho da minha primeira postagem Boneca de Pano, criação baseada na técnica de aliteração dos sons consonantaes P e B. Não é desabafo. É redação proposta.
    O Dramaturgo é o nome do Texto da última postagem. Talvez tenha problemas de coesão porque o importante era a visita do dramaturgo no meu Blog, e não o casting.. acho que não ficou claro, pelo seu comentário.
    Eu gosto de escrever coisas alegres sim, porque escrevo para o leitor, brincando com técnicas narrativas e não para desabafar meus problemas!
    É isso!

    ResponderExcluir
  6. Oi,Cica!
    Torço por você e sei o quanto você gosta do que faz!Críticas são sempre bem vindas até de blogueiros nerds que acham que conhecem alguma atriz...rsrsrs
    Continue escrevendo coisas alegres e situações embaraçantes como essa...
    Não sabia que você tinha outro amigo com o mesmo nome que eu,espero que não me confunda,senão te chamo de Ciça!!!Háháhá!!!

    Fabio Andrade

    ResponderExcluir
  7. Noossa,
    É verdade!
    Só que o dele é Fabio Augusto,
    obrigada querido-lindo,
    beijoo

    ResponderExcluir
  8. Oi prima, muito gostoso ler seus textos neste blog. Continue firme, certamente voltarei para ler novos textos. Bj, Marcelo

    ResponderExcluir
  9. Eba, eba!!
    Que legal receber sua visita de tão longe.., assim você mata a saudade do português e também do caos de Sampa!
    beijos, volte mesmo,
    saudade!

    ResponderExcluir
  10. Sim, principalmente as minhas!
    Uma vez criada, nunca esquecida!

    ResponderExcluir